Mapeamento Comportamental

Segundo John Kotter, professor de Harvard Business School, “A questão central nunca é estratégia, estrutura, cultura ou sistemas. O cerne da questão é sempre a mudança de comportamento das pessoas".


As empresas contratam as pessoas pelo conhecimento técnico que estas possuem, contudo, esquecem que o comportamento é o que causa a maior parte dos desligamentos de colaboradores. Conhecer como os profissionais reagem a estímulos da função, a qual estão sendo avaliados, mais o conhecimento técnico deveria ser atividades de praxe para determinar estrategicamente como colocar cada pessoa no lugar certo.


O Mapeamento Comportamental é um processo que consiste na identificação de competências das pessoas. Cada pessoa é única e possui suas próprias características e formas de agir. Conhecê-las certamente dará subsídios para trazer benefícios tanto para o colaborador quanto para o empresário.


Atualmente, a maioria dos testes é realizado através de softwares, com perguntas estruturadas e alta precisão de resultados, fornecendo análises ágeis, seguras e imparciais.


Normalmente, as empresas utilizam esse processo numa estrutura já formada e há necessidade do gestor conhecer as habilidades de cada membro da sua equipe com a finalidade de aumentar o engajamento dos colaboradores.



Benefícios para empresa e para o colaborador:


Autoconhecimento: proporciona a descoberta dos pontos fortes, melhorando a produtividade, o relacionamento com outras pessoas e o desenvolvimento da inteligência emocional.


Integração: estimula a comunicação, mantém a equipe motivada e promove a tolerância entre as diversas personalidades que precisam trabalhar juntas.


Orientação: oferece informações que ajudam a identificar um profissional que esteja mais próximo do perfil que o gestor necessita para a execução das atividades.


Rendimento: pessoas que estão satisfeitas com suas funções se sentem estimuladas e promovem um ambiente mais leve e favorável para que o dia a dia seja produtivo.


Reduz conflitos: permite que o gestor análise estratégias para aproveitar as habilidades individuais, sem estresse ou competições desnecessárias.

O psicólogo americano William Marston alinhou os estudos de Jung com as influências externas e internas deu origem a metodologia DISC (acrônimo em inglês que reúne as palavras dominâncias, influência, estabilidade e conformidade). Esse é um entre vários métodos existentes.


A metodologia DISC é uma das mais utilizadas no mundo.


Domínio: apresenta dados sobre o perfil comportamental predominante e forma de atuação da pessoa. Mostra como ela lida com desafios e também com as dificuldades e mostra suas características principais. São ativos, otimistas e dinâmicos. Possuem necessidade de obter respostas imediatas. Possuem enorme disposição física e não têm medo de errar ou assumir riscos.


Influência: traz informações detalhadas sobre como a pessoa se relaciona, seu modo de se comunicar e o seu nível de capacidade de influenciar os demais. São extrovertidos, falantes, ativos e não apreciam monotonias, mas se adaptam com facilidade. Esse perfil tem facilidade na comunicação e passam de um assunto a outro com rapidez, gostam de trabalhos que envolvam movimentação e autonomia. Eles precisam do contato interpessoal e de um ambiente harmonioso.


Estabilidade: mostra como a pessoa lida com mudanças, como encara as transformações ao seu redor e como se posiciona nesses momentos. Os planejadores são pessoas calmas, tranquilas, prudentes e que tem autocontrole. Gostam de rotina e atuam em conformidade com normas e regras estabelecidas, por isso sentem-se bem quando estão acompanhadas de pessoas mais ativas e dinâmicas.


Conformidade: evidencia a capacidade de a pessoa de se ajustar, respeitar as regras impostas e de segui-las segundo o que foi determinado. São preocupados, rígidos, porém calmos. Seu comportamento com as pessoas são discreto e tende-se a serem pessoas caladas e retraídas. Têm habilidade com tarefas detalhadas ou de improvisação rápida. Prefere atuar com estímulo dos demais. Geralmente é o funcionário leal e compromete-se com o trabalho.


Conhecendo os perfis da metodologia DISC, torna-se mais fácil criar um olhar para a equipe de trabalho e utilizar de cada característica para potencializar os resultados da organização.


Na 4Business trabalhamos Mapeamento Comportamental.


Agora que você já percebeu a importância do Mapeamento Comportamental e suas vantagens chegou a hora de conhecer esta ferramenta, na prática.


Quer saber mais? Entre em contato conosco aqui

Referências:

https://www.sbcoaching.com.br/blog/analise-comportamental/

https://blogrh.com.br/mapeamento-de-perfil-comportamental-o-que-e-e-como-aplica-lo/

https://www.xerpa.com.br/blog/mapeamento-

https://administradores.com.br/artigos/mapeamento-comportamental-pessoas-certas-nos-lugares-certos

https://blog.psicologiaviva.com.br/perfil-profissional/


29 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo